01/08/13

PEGADAS DE DEUS

Conta-se a história de um pesquisador europeu que viajava pelo deserto sendo guiado por um árabe. Este europeu já tinha abandonado sua fé há muito tempo. Por isso se irritava toda a vez que o árabe parava a caravana, descia do camelo, ajoelhava-se no chão e fazia uma prece. Até mesmo durante a noite, no acampamento, ...o homem levantava-se, saia da sua tenda e ia fazer orações.
Pela manhã, o europeu acordou e saiu da sua tenda e lá estava o árabe fazendo preces outra vez. O pesquisador não se conteve e perguntou: “Porque você ora tantas vezes ao dia? Como você pode falar com alguém que nem pode ver? Como pode saber se, de fato, existe um Deus?”. Calmamente o árabe levantou-se e disse: “Durante a noite passada, ouvi alguns ruídos do lado de fora da tenda e hoje de manhã encontrei estas pegadas no chão. Como posso saber que não tinha um homem estranho no nosso acampamento?” O europeu respondeu: “Porque estas pegadas não são de uma pessoa, mas de um camelo!” Com um sorriso de satisfação o árabe sorriu, e olhou apontando ao seu redor e em direção ao horizonte, dizendo: “Pois bem, tudo isto que nós podemos ver também não são pegadas de uma pessoa!”.
No Salmo 33, versículos 6 a 9, podemos ler: “Os céus por sua palavra se fizeram, e, pelo sopro de sua boca, o exército deles. Ele ajunta em montão as águas do mar; e em reservatório encerra as grandes vagas. Tema ao SENHOR toda a terra, temam-no todos os habitantes do mundo. Pois ele falou, e tudo se fez; ele ordenou, e tudo passou a existir.”
Na Escritura Sagrada podemos ler com clareza a respeito da criação e do poder de Deus. A Bíblia nos ensina sobre como Deus agiu perfeitamente quando criou o Universo usando apenas a palavra da Sua boca. Mas mais do que isso, a própria criação testifica do poder de Deus. É tudo tão perfeitamente conectado, tudo tão sabiamente projetado, é impossível não haver uma mente inteligente e superior por trás de tudo o que conhecemos! É impossível negar a existência de Deus! Isto é, se você não for mais um daqueles teimosos que procuram alternativas para a criação, até mesmo a explosão de coisas que vieram sabe-se lá de onde...
Sei que posso estar sendo um tanto forte em minhas palavras, mas é que tentam empurrar na nossa goela abaixo fatos bizarros demais! Mas eu pergunto: “Como podem olhar para o mundo, para a criação, e não enxergar Deus? Como podem ler a Bíblia e não crer nas profecias e no cumprimento delas na pessoa do Salvador Jesus?” Infelizmente muitos ainda rejeitam a salvação. E podemos também aprender da Bíblia que é um mistério para nossa compreensão o motivo de muitos se perderem.
As pegadas de Deus estão por toda parte. Deus se revela a nós em Sua criação e na Sua Palavra. Revela Seu amor na pessoa de Cristo, que dá sua vida por nós na cruz! Portanto, estas são as maiores pegadas de Deus: Seu infinito amor e sua infinita misericórdia. Amém!


Pastor Davi Schmidt
Dois Irmãos

RESOLVER O PROBLEMA

A China já arrumou uma solução para o problema dos enormes e quase inacreditáveis volumes de atraso em voos no pais. A ordem agora é que os aviões decolem, mesmo sem saber se vão ter onde pousar. A demora e atraso até que reduziram. Só que dezenas de aeronaves ficam no ar por horas, voando em círculos aguardando uma pista livre, gastando combustível e, o pior, aumentando em muito o risco de vida, já que sempre é mais seguro esperar no chão do que no ar.

Algo parecido tem se evidenciado nos relacionamentos humanos, especialmente no ambiente da internet. As pessoas estão decolando mensagens sem se preocupar onde e quando elas vão pousar.

Como há coisas atrasadas em suas vidas, angústias acumuladas, tensão e ansiedade, precisam, de alguma forma, arrumar uma solução. Aí, mandam aviões, ou melhor, torpedos, para muitos lados, sem se preocupar se, quando, e onde vão pousar. Basta passar algum tempo lendo reações a erros e tropeços dos outros, em redes sociais, sites da web ou situações das vida real. É incrível o numero de pessoas que, deparando-se com o que consideram errado, seja pequeno, médio, grande – pior ainda, as vezes sem realmente terem certeza se foi mesmo um erro intencional – passam a disparar ódio, intolerância. Apelos à ignorância, agressões pessoais. Chegando, em alguns casos, a pérolas como “essa sua atitude me deu câncer”. ‘eu vou te matar“ ou “se vejo na rua, jogo o carro em cima’. Como no caso chinês, em vez de resolver, desviam do foco, causando novos problemas.

Isto é algo completamente diferente? Não, este é o mesmo ser humano de sempre. Só que, agora, com ferramentas que elevam a potências ainda não presenciadas a capacidade de mandar para o ar voos verbais, palavras que voa, em circulos, queimando combustível em vão. Então, quando e se pousarem em algum lugar razoável, podem já ter colocado em risco a reputação, dignidade e a própria vida de outras pessoas.

Quando Jesus Cristo falou em ‘não julgar para não sermos julgados”, certamente não estava impedindo condenar o que é errado. Mas não tenho dúvida de que estava nos alertando a pensarmos bem antes de darmos autorização de partida para a agressão gratuita, a condenação brutal, a arrogância destruidora - reflexos dos problemas não resolvidos. Mais do que isso. Convidou a olharmos para dentro de nós mesmos. É de dentro para fora que precisamos resolver o problema – e que, na verdade, foi resolvido de fora para dentro, por Ele, que oferece pela fé a maneira eficaz de lidarmos com aquilo que se acumula em nosso coração. Em vez de transferir, transformar. Em vez de desviar do foco, focar no essencial. Em vez de voar em círculos, segurança de onde vamos pousar..

E Ele não só falou, também agiu. Imagine o tipo de post que Ele poderia ter feito contra os algozes que o pregavam, injustamente na cruz. No entanto, a palavra que ecoou pelo ar foi o que resolve o problema: “perdoa-lhes”.

Isto, sim, é algo completamente diferente. E que é oferecido a todos por igual.

Pastor Lucas André Albrecht

Fonte: Toque de Vida

26/07/13

Falling Plates - Pratos Caindo

Muito interessante o vídeo. Fala do amor do Criador por nós

Volta às aulas 2013/2

Voltando das férias, ah férias, ainda que sejam pequenas são desejadas por todos para descanso, reflexão, cinema, viagens etc... Com esse friozinho uma lareira, aquecedor, quem sabe um pala de garupa (hehehe). Na volta às aulas existem muitas expectativas. Como vamos encontrar a escola? A sala de aula? Rever os amigos e colegas. Alguns viajaram, outros ficaram em casa, alguns mudaram o corte de cabelo, estilo, roupas novas, assuntos para por em dia. Alguns fizeram promessas para melhorar no segundo semestre, outros porém, "devem" melhorar para passar de ano, e outros continuarão do jeitinho que estavam antes. Vamos também encontrar pessoas novas, quem sabe não ver alguns que se foram (e aí fica o nosso abraço e carinho ao pastor Herivelton). Voltar às aulas para quem sabe recuperar uma amizade perdida no primeiro semestre, ou simplesmente fazer novas amizades, e com certeza, no fim do ano veremos os frutos deste 2013. 
Em 1 João 4:7 diz: "Queridos amigos, amemos uns aos outros porque o amor vem de Deus." Que vocês possam ter um abençoado segundo semestre de aulas, sabendo que o nosso bom Deus esta com vocês nos momentos alegres como também nos momentos difíceis. Que Ele nos de este amor todos os dias, e que as pessoas possam ver e sentir este amor aqui no seu no nosso CCR.
Um abraço do pastor Walter Ries Junior.

01/07/13

Bíblia com dedicatória de Albert Einstein é vendida por R$ 150 mil


Um exemplar da Bíblia que contém uma dedicatória assinada pelo físico alemão Albert Einstein e a sua esposa foi vendido por R$ 150 mil em um leilão na Bonham's, em Nova York (EUA).

O livro foi presenteado pelo casal a uma amiga americana, Harriett Hamilton, em fevereiro de 1932.

Na dedicatória, Einstein escreveu que a Bíblia "é uma grande fonte de sabedoria e consolo que deve ser lida frequentemente", de acordo com o "NY Times".

O nome do comprador não foi revelado.

Einstein formulou a teoria da relatividade e venceu o prêmio Nobel de Física. Morreu em 1955.